Tempestades

“Para que vocês venham a ser filhos de seu Pai que está nos céus. Porque ele faz raiar o seu sol sobre maus e bons e derrama chuva sobre justos e injustos.” (Mateus 5:45)

Alguma vez você já foi pego numa tempestade inesperada? Quando uma grande tempestade se aproxima, os meteorologistas geralmente nos alertam antes. E se a configuração for um grande furacão, pode até ser dado um nome a ele por causa de sua importância.

Há momentos em que sabemos quando as tempestades estão se formando. E há outros momentos em que elas aparecem do nada. Mas uma coisa que precisamos saber sobre a nossa vida é que vamos ter tempestades – tempestades de dificuldades, tragédias e os piores cenários possíveis. Algumas dessas tempestades podem alterar a sua vida: a morte de alguém que você ama, uma doença, uma deficiência, um conflito em casa ou no trabalho, demissão do emprego ou até mesmo um filho rebelde.

No final do Sermão da Montanha Jesus falou sobre dois homens que construíram suas casas e as tempestades vieram. As tempestades sempre virão. Na verdade, há dois tipos de pessoas no mundo: aqueles que estão passando por uma crise e aqueles que vão passar por uma. Ou você está passando por uma tempestade ou, no fim das contas, você irá passar por uma. A chuva vai cair, segundo a Bíblia, sobre os justos e os injustos. Portanto, não podemos controlar a ocorrência de tempestades. Tudo o que podemos controlar é a nossa reação a elas.

Não tenho nenhuma palavra de segurança para aqueles que passam por tempestades na vida sem Deus. Mas, para o cristão, tenho algumas: “E sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito” (Romanos 8:28). Para aqueles que colocam a sua fé em Cristo, ao final de tudo, todas as coisas cooperarão para o seu bem.

– Onde você tem colocado a sua fé?