Quando Orar

“Entre vocês há alguém que está sofrendo? Que ele ore. Há alguém que se sente feliz? Que ele cante louvores.” (Tiago 5:13)

Quando nos encontramos em circunstâncias difíceis, muitas vezes nossa tentação é atacar a pessoa que ajudou a nos trazer tais circunstâncias. Ou, tentar culpar alguém pelas coisas que nos afetam. Podemos mesmo nos zangar com Deus por permitir que isto aconteça em nossas vidas. Ou, afundar na auto piedade.

Mas quando estamos aflitos, sofrendo, ou em apuros, Deus nos diz o que devemos fazer: orar. Por quê? Porque Ele pode remover esse problema por causa das nossas orações. Isso não quer dizer que Deus sempre irá solucionar as nossas aflições, sofrimento ou problemas. Mas, por vezes, Ele o fará.

Por simplesmente trazermos nossas circunstâncias diante do Senhor e reconhecermos nossa necessidade e dependência dEle, poderemos ver Deus intervindo na situação que enfrentamos. A oração também pode nos dar a graça que precisamos para enfrentar os problemas e sermos levados muito mais para perto de Deus.

Tiago 5:13 nos diz: “Entre vocês há alguém que está sofrendo? Que ele ore….” A palavra “sofrendo” usada aqui também poderia ser traduzida como “em perigo” ou “em angústia”. Entre vocês há alguém que está aflito? Você está perturbado? Então você deve orar.

Assim, quando você fica sem chão, quando sente que está apenas por um fio, quando as circunstâncias tornaram-se incrivelmente difíceis, ou pioram a cada minuto, o que você deve fazer? Você deve orar.

Você deve orar quando está aflito. Você deve orar quando está doente. Você deve orar quando se corrompe pelo pecado. E deve orar quando necessidades específicas surgem. Ore, e não desista.