O Ousado Pedro

“Vendo a coragem de Pedro e de João, e percebendo que eram homens comuns e sem instrução, ficaram admirados e reconheceram que eles haviam estado com Jesus.” (Atos 4:13)

Além do próprio Jesus, nenhum outro nome é mencionado no Novo Testamento mais frequentemente do que o de Simão Pedro. Ele era uma figura central dos três anos de ministério de Jesus e nos três primeiros anos da igreja primitiva. Nenhuma outra pessoa falou tão frequentemente ou foi tão mencionada nos Evangelhos quanto Pedro. Nenhum outro discípulo foi tão frequentemente reprovado e corrigido quanto Pedro. Enquanto outros poderiam ter pensado coisas erradas, Pedro os alertava. Ele parecia dizer qualquer coisa que lhe viesse à mente naquele momento. E as pessoas sempre sabiam onde estavam com Pedro.

Sabemos da história em que Pedro andou sobre a água e muito se fala sobre o fato de ele ter afundado. Mas também deve ser salientado que Pedro foi o único que se atreveu a dar um passo tão corajoso de fé e, pelo menos por um tempo, ele andou sobre as águas com Jesus. Em Cesárea, Jesus perguntou aos discípulos: “‘E vocês? […] Quem vocês dizem que eu sou?’ Simão Pedro respondeu: ‘Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo’.” (Mateus 16:16).

 Sim, Pedro negou o Senhor mais tarde. Sim, ele falhou feio, mas ele foi reconduzido por Jesus. E ele levantou-se no Dia de Pentecostes e pregou o primeiro sermão para a igreja primitiva, o que resultou em 3.000 novos crentes em Cristo.

De acordo com a história da igreja, Pedro foi forçado a assistir a crucificação de sua esposa. Depois disso, ele próprio foi crucificado e pediu para ser executado de cabeça para baixo, porque ele se sentia indigno de morrer da mesma forma que o seu Senhor.

Pedro era um herói da fé que balançou seu mundo como poucos. E Deus ainda procura homens e mulheres para balançar este mundo.