Limpe Seu Coração

“Se eu acalentasse o pecado no coração, o Senhor não me ouviria” (Salmos 66:18)

Não é só um motivo egoísta que pode dificultar as nossas orações, mas o pecado não confessado também pode frustrá-las. Isaías 59:1-2 diz: “Vejam! O braço do Senhor não está tão curto que não possa salvar e o seu ouvido tão surdo que não possa ouvir. Mas as suas maldades separaram vocês do seu Deus; os seus pecados esconderam de vocês o rosto dele e por isso ele não os ouvirá.”

O pecado não confessado em nossas vidas vai fazer com que as nossas orações não sejam respondidas. O salmista escreveu: “Se eu acalentasse o pecado no coração, o Senhor não me ouviria” (Salmo 66:18). Podemos orar com paixão. Podemos orar com fé. Podemos orar com todo o entusiasmo que tivermos, mas se há algo em nossas vidas que não é correto diante de Deus, nossas orações não serão ouvidas.

Quando nos aproximamos de Deus com o pecado em nossas vidas, Deus efetivamente diz: “Se você quer ter comunhão Comigo, precisa se arrepender desse pecado. Você não pode viver essa vida e então viver a minha vida.” O pecado não confessado vai atrapalhar nossas orações.

Quando foi a última vez que você pediu a Deus para limpá-lo e perdoá-lo do seu pecado? Em seu livro “Como Orar”, R.A. Torrey disse: “Qualquer um que acha suas orações ineficazes não deve concluir que está pedindo para Deus algo que não está de acordo com a Sua vontade, mas deve se chegar a sós com Deus com a oração do salmista: Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece as minhas inquietações. Vê se em minha conduta algo que te ofende, e dirige-me pelo caminho eterno (Salmo 139:23-24).”