Crescimento Espiritual

“Permaneçam em mim, e eu permanecerei em vocês. Nenhum ramo pode dar fruto por si mesmo, se não permanecer na videira. Vocês também não podem dar fruto, se não permanecerem em mim.” (João 15:4)

Imagine se eu plantasse uma árvore no meu jardim em frente a minha casa, mas depois de um tempo eu decidisse que ela ficaria melhor na parte dos fundos. Passam-se alguns meses e eu volto a plantar a árvore na parte da frente da casa. Esta árvore não somente teria dificuldades para crescer como lutaria para sobreviver.

Algumas pessoas são assim com Deus. Decidem ir a igreja, ler a Bíblia e orar regularmente. Fazem isso por um mês e depois se retiram e desaparecem por alguns meses. Então voltam. Depois de um tempo, mais uma vez retiram-se para a vida que levavam anteriormente. Eventualmente elas voltam. Mas, procedendo assim, nunca irão crescer espiritualmente.

Jesus falou “Permaneçam em mim, e eu permanecerei em vocês. Nenhum ramo pode dar fruto por si mesmo, se não permanecer na videira. Vocês também não podem dar fruto, se não permanecerem em mim” (João 15:4). Este é o segredo do crescimento espiritual: permanecer. E permanecer significa ficar num mesmo lugar. Para os que creem, significa manter uma relação inabalável com Deus. Significa regularidade, consistência. E resulta na produção de frutos que permanecem.

Outra maneira de permanecer é andar com Deus. 1 João 2:6 diz “aquele que afirma que permanece nele, deve andar como ele andou.” Andar significa estar em constante movimento, e isto significa ter tempo para a Palavra de Deus e para oração diária. Se você está muito ocupado, acorde mais cedo. Vá para a cama mais cedo. Você encontrará tempo para o que é importante.

A verdadeira marca da conversão é o teste do tempo e dos frutos em nossas vidas. Você tem produzido frutos espirituais?