Amor ao Mundo

“Não amem o mundo nem o que nele há. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele.” (1 João 2:15)

Imagine ter o seu nome citado numa das cartas escritas por Paulo. Demas não foi simplesmente mencionado. Ele foi citado duas vezes. Primeiro Paulo escreveu em Filemon: “Epafras, meu companheiro de prisão por causa de Cristo Jesus, envia-lhe saudações, assim como também Marcos, Aristarco, Demas e Lucas, meus cooperadores” (Filemom 1:23-24). Depois o mencionou novamente: “pois Demas, amando este mundo, abandonou-me e foi para Tessalônica” (2 Timóteo 4:10).

Então por que Demas deixou Paulo? Porque ele amou este mundo. Ele amou as coisas da vida. A Bíblia diz: “Não amem o mundo nem o que nele há. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele” (1 João 2:15).

Quando a Bíblia fala do mundo, está falando de uma cultura, de uma mentalidade que é hostil a Deus. Na parábola do semeador, quando Jesus falou da semente da palavra de Deus que era sufocada por espinhos, aqueles espinhos representavam “a preocupação desta vida e o engano das riquezas” (Mateus 13:22).

Há muitas coisas que podem nos causar ansiedade e nos impedir de dormir à noite. Mas Jesus disse: “Quem de vocês, por mais que se preocupe, pode acrescentar uma hora que seja à sua vida?” (Mateus 6:27). E Jó disse: “Mas agora que se vê em dificuldade, você se desanima; quando você é atingido, fica prostrado.” (Jó 4:5).

Não vamos prolongar nossas vidas nos preocupando. Então, vamos deixar essas coisas nas mãos de Deus.